CUIABÁ

INFRAESTRUTURA

Bairros de Cuiabá são atendidos com força-tarefa emergencial de tapa buracos

Publicado em

CIDADES

A força-tarefa emergencial de tapa-buracos elaborada pela Gestão Emanuel Pinheiro já encontra-se em prática, abrangendo todas as regiões da cidade. Somente nesta semana, diversas localidades serão contempladas com os serviços de recuperação da malha viária urbana, sendo elas, a grande CPA, Imperial, Tropical Ville e Centro, colocando à frente as linhas de ônibus e avenidas principais, locais estes onde já há maior circulação de veículos.

A ação atende a um compromisso da administração atual com a infraestrutura urbana municipal. Conforme anúncio do prefeito Emanuel Pinheiro, o setor ganhará um incremento a mais este ano e os investimentos em pavimentação e recuperação asfáltica, somados juntos ultrapassam os R $13 milhões. A perspectiva é que essa primeira fase seja concluída até o segundo semestre deste ano.

“Enfrentamos um período chuvoso muito difícil, onde Cuiabá, infelizmente, foi severamente castigada pelos fenômenos naturais, algo excepcional. Após essa trégua das águas, ordenei que os trabalhos fossem imediatamente colocados em prática, amenizando e extinguindo os transtornos causados à nossa gente e assim tem sido feito, em diferentes pontos da cidade, priorizando as vias mais movimentadas de deslocamentos. A demanda é muito grande, mas em momento algum deixamos de fazer a nossa parte, entregando em primeiro lugar, um serviço de qualidade”, afirmou Pinheiro.

Leia Também:  Enfermeiro do Hospital Geral é preso por estuprar paciente grávida

O vice-prefeito, José Roberto Stopa, elencou tem acompanhado de perto as ações desencadeadas pela Secretaria de Obras Públicas, principalmente nas obras de universalização do saneamento básico, atualmente de responsabilidade da concessionária Águas Cuiabá. “Já conversei com o secretário, alinhamos as diretrizes de trabalho, bem como as cobranças à Águas Cuiabá. Os serviços estão sendo feitos de forma paulatina e de acordo com a conclusão, estamos ampliando”, salientou.

O chefe da Pasta, Rauf Macedo, reiterou que as requalificações ocorrem de forma contínua durante o ano, entretanto, a chegada do Outono possibilitou com atuação das equipes fossem estendidas. “Temos aqui uma equipe que faz a fiscalização dos servidores diariamente. O nosso coordenador Pablo Conte está cuidando disso com a devida atenção. Vamos melhorar ainda mais e a chegar a todos os bairros de Cuiabá”, declarou.

As ações já beneficiaram mais de 15 bairros, dentre eles, Jardim das Américas, Despraiado, Bosque da Saúde, Coxipó da Ponte, Boa Esperança, Grande CPA, Verdão, além da região central, são alguns exemplos.

Leia Também:  Mais de 250 viajantes internacionais foram monitorados este ano por conta da covid-19
COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CIDADES

Prefeitura nega ação para retirada de ambulantes do centro e manda apurar o caso

Publicados

em

Após diversos vídeos viralizarem nas redes sociais mostrando vendedores ambulantes tendo suas mercadorias apreendidas nesta quarta-feira (28) na rua 13 de junho, no centro de Cuiabá, por meio de nota, o  secretário de Ordem Pública de Cuiabá, Leovaldo Sales disse que não determinou nenhum operação naquela região e que irá apurar o caso.

“Diante da situação, o secretário determinou uma apuração interna imediata para adotar as medidas administrativas cabíveis aos responsáveis”, diz trecho da nota.

Nas imagens é possível ver um veículo da prefeitura, juntamente com funcionários e policiais militares apreendendo as mercadorias e muitas pessoas que passam pelo local filmando.

Composto majoritariamente por haitianos e venezuelanos, os ambulantes costumam vender produtos diversos no centro da capital, desde meias, óculos de sol, bermudas, bijuterias, acessórios eletrônicos e etc.

Em março deste ano, a mesma Secretaria, também em conjunto com a polícia, realizou uma operação para retirada de vendedores da região central de Cuiabá.

Os vídeos podem ser conferidos aqui

Veja nota

Leia Também:  Inscrições para o Fies do segundo semestre começam hoje, 27

Nota à Imprensa
O secretário de Ordem Pública de Cuiabá, Leovaldo Sales, esclarece que não determinou a realização de nenhuma operação de desobstrução das calçadas na região Central da Capital, nesta quarta-feira (29), que resultou em apreensões de mercadorias de vendedores ambulantes.

Diante da situação, o secretário determinou uma apuração interna imediata para adotar as medidas administrativas cabíveis aos responsáveis.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA