CUIABÁ

APÓS INCÊNDIO

Hospital São Benedito retoma consultas ambulatoriais na próxima segunda

Publicado em

CIDADES

Em live, realizada nesta terça-feira (17), o prefeito Emanuel Pinheiro, anunciou a retomada das consultas no ambulatório do Hospital Municipal São Benedito – HMSB, na próxima segunda-feira (23). As cirurgias da ortopedia e da neurocirurgia são agendadas a partir de hoje (18). Informação sobre agendamento pode ser presencial ou pelos telefones (65) 3313-0701/ 3313-0715 / 3313-0727.

“Autorizei a retomada dos atendimentos ambulatoriais do Hospital Municipal São Benedito. As cirurgias ortopédicas dos pacientes do HMSB serão todas realizadas no HMC e as cirurgias neurocirúrgicas serão realizadas no HMC e Hospital Santa Casa, conforme necessidade e segurança do paciente, definida pela equipe médica”, informou o prefeito. “Aos poucos estamos voltando à normalidade e, essa retomada, é importante para os usuários do Sistema Único de Saúde – SUS de Cuiabá e de todo o interior do Estado de Mato Grosso, advindas da Central de Regulação”, completou.

Sobre o incidente ocorrido no Hospital Municipal São Benedito, no domingo (15), o prefeito agradeceu os profissionais da saúde, voluntários que ajudaram na evacuação do prédio, e os primeiros a chegar ao local, Sargento Everson e equipe, 3º Sargento Felix, 3º Sargento Deivison, Cabo Coelho e Soldados J.Ferreira e Bolonhese, que garantiram a segurança e a ordem até a chegada do Corpo de Bombeiros. Ele agradeceu também as dedicadas equipes do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar em geral Bope, Rotam, Força Tática, Samu, Secretaria Municipal de Saúde, Empresa Cuiabana de Saúde Pública, Hospital Jardim Cuiabá, Politec, ambulâncias do município, Rota do Oeste e outras ambulâncias privadas, além da sociedade em geral.

Leia Também:  Sine Municipal disponibiliza mais de 500 vagas nesta quinta-feira (10)

“Graças à ação rápida de todos os envolvidos, foi possível controlar o princípio de incêndio e evitar uma tragédia maior. Não houve óbitos e nem feridos. Todos os pacientes continuam em atendimento de suas patologias em outras unidades hospitalares, sem maiores intercorrências. Ao todo foram 76 pacientes transferidos”, informou o prefeito.  “Foi um show de solidariedade e de amor ao próximo. Agradeço imensamente a nossa gente cuiabana, inclusive, teve um cidadão que distribuiu água para as pessoas envolvidas no socorro. É lindo, é de arrepiar toda essa união, que Deus abençoe a cada um”, completou.

Nesta terça-feira (17), o diretor Paulo Rós, da Empresa Cuiabana de Saúde Pública e sua equipe e a Diretoria de Segurança Contra Incêndio e Pânico do Corpo de Bombeiros Coronel Luciana, Coronel Crivella, Major Poliana e Tenente Vilas Boas, reuniram-se para definirem protocolos e fluxos a serem seguidos. “O intuito é retomar os atendimentos aos pacientes do Hospital Municipal São Benedito, com segurança e tranqüilidade, humanização e respeito com a saúde e a vida da nossa população”, destacou o gestor.

Leia Também:  Mendes sinaliza vetar projeto de PCHs

O foco de incêndio ocorrido no Hospital Municipal São Benedito, por volta das 18h30, de domingo (15), foi possivelmente ocasionado em um aparelho de ar-condicionado na enfermaria 25, localizada no 2º andar do prédio. A perícia técnica já foi realizada pela Perícia Oficial e Identificação Técnica – Politec, o laudo ainda não foi concluído. A ECSP, que administra o Hospital Municipal São Benedito, solicitou e aguarda nova vistoria por parte do Corpo de Bombeiros.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CIDADES

Prefeitura nega ação para retirada de ambulantes do centro e manda apurar o caso

Publicados

em

Após diversos vídeos viralizarem nas redes sociais mostrando vendedores ambulantes tendo suas mercadorias apreendidas nesta quarta-feira (28) na rua 13 de junho, no centro de Cuiabá, por meio de nota, o  secretário de Ordem Pública de Cuiabá, Leovaldo Sales disse que não determinou nenhum operação naquela região e que irá apurar o caso.

“Diante da situação, o secretário determinou uma apuração interna imediata para adotar as medidas administrativas cabíveis aos responsáveis”, diz trecho da nota.

Nas imagens é possível ver um veículo da prefeitura, juntamente com funcionários e policiais militares apreendendo as mercadorias e muitas pessoas que passam pelo local filmando.

Composto majoritariamente por haitianos e venezuelanos, os ambulantes costumam vender produtos diversos no centro da capital, desde meias, óculos de sol, bermudas, bijuterias, acessórios eletrônicos e etc.

Em março deste ano, a mesma Secretaria, também em conjunto com a polícia, realizou uma operação para retirada de vendedores da região central de Cuiabá.

Os vídeos podem ser conferidos aqui

Veja nota

Leia Também:  Incra em Mato Grosso suspende atividades e cancela eventos

Nota à Imprensa
O secretário de Ordem Pública de Cuiabá, Leovaldo Sales, esclarece que não determinou a realização de nenhuma operação de desobstrução das calçadas na região Central da Capital, nesta quarta-feira (29), que resultou em apreensões de mercadorias de vendedores ambulantes.

Diante da situação, o secretário determinou uma apuração interna imediata para adotar as medidas administrativas cabíveis aos responsáveis.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA