CUIABÁ

SAÚDE

Planos de saúde devem cobrir todo tratamento de autismo, diz ANS

Publicado em

CIDADES

A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) aprovou nesta quinta-feira (23) a ampliação das regras de cobertura assistencial para usuários de planos de saúde com transtornos globais do desenvolvimento, entre os quais está incluído o transtorno do espectro autista.

Dessa forma, a partir de 1º de julho de 2022 será obrigatória a cobertura de quaisquer métodos ou técnicas indicados pelo médico assistente para o tratamento do paciente que tenha um dos transtornos enquadrados na CID F84, conforme a Classificação Internacional de Doenças.

A normativa também ajustou o rol de procedimentos cobertos para que as sessões ilimitadas com fonoaudiólogos, psicólogos, terapeutas ocupacionais e fisioterapeutas englobem todos os transtornos globais de desenvolvimentos.

“Considerando o princípio da igualdade, decidimos estabelecer a obrigatoriedade da cobertura dos diferentes métodos ou terapias não apenas para pacientes com TEA, mas para usuários de planos de saúde diagnosticados com qualquer transtorno enquadrado como transtorno global do desenvolvimento”, explica o diretor-presidente da ANS, Paulo Rebello.

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Inquérito sobre morte de aluno em cachoeira é concluído; 11 são indiciados por homicídio culposo
Propaganda

CIDADES

Prefeitura nega ação para retirada de ambulantes do centro e manda apurar o caso

Publicados

em

Após diversos vídeos viralizarem nas redes sociais mostrando vendedores ambulantes tendo suas mercadorias apreendidas nesta quarta-feira (28) na rua 13 de junho, no centro de Cuiabá, por meio de nota, o  secretário de Ordem Pública de Cuiabá, Leovaldo Sales disse que não determinou nenhum operação naquela região e que irá apurar o caso.

“Diante da situação, o secretário determinou uma apuração interna imediata para adotar as medidas administrativas cabíveis aos responsáveis”, diz trecho da nota.

Nas imagens é possível ver um veículo da prefeitura, juntamente com funcionários e policiais militares apreendendo as mercadorias e muitas pessoas que passam pelo local filmando.

Composto majoritariamente por haitianos e venezuelanos, os ambulantes costumam vender produtos diversos no centro da capital, desde meias, óculos de sol, bermudas, bijuterias, acessórios eletrônicos e etc.

Em março deste ano, a mesma Secretaria, também em conjunto com a polícia, realizou uma operação para retirada de vendedores da região central de Cuiabá.

Os vídeos podem ser conferidos aqui

Veja nota

Leia Também:  Secretário orienta não realização de Carnaval e ressalta "todo sacrifício ajuda"

Nota à Imprensa
O secretário de Ordem Pública de Cuiabá, Leovaldo Sales, esclarece que não determinou a realização de nenhuma operação de desobstrução das calçadas na região Central da Capital, nesta quarta-feira (29), que resultou em apreensões de mercadorias de vendedores ambulantes.

Diante da situação, o secretário determinou uma apuração interna imediata para adotar as medidas administrativas cabíveis aos responsáveis.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA