CUIABÁ

CUIABÁ

Prefeitura abre inscrições para 3ª etapa do programa Siminina

Publicado em

CIDADES

A terceira etapa da retomada do atendimento presencial do Programa Siminina entra na terceira etapa, a partir desta quarta-feira (12). São 250 vagas para as unidades dos bairros Jardim Renascer, Bela Vista e Pascoal Ramos.

A novidade está por conta da unidade considerada padrão, na grande região do Pascoal Ramos, que entra em funcionamento com atendimento de até 140 crianças. São 450 a 500 m² com duas salas multidisciplinar e administrativa, incluindo o espaço específico para a prática de ballet, playground, cozinha, banheiros e área de aberta.

“Essa é uma unidade que foi pensada para atender a grande demanda da região do Pascoal Ramos. Foi um pedido da primeira-dama que ela fosse ampla e que servisse como modelo para as demais que deveremos abrir até o final da gestão”, frisou Dalma Beatriz, coordenadora do programa.

Já a unidade do bairro Jardim Renascer entrará com as matrículas no dia 20 de maio, em decorrência da finalização das obras de reforma, conforme indicado pelo Núcleo de Apoio à Primeira-dama, nesse processo de retomada.

Leia Também:  Mato Grosso isenta IPVA de motoristas de aplicativo que usam GNV

Mudança

Segundo a coordenação do programa, o cronograma anterior foi alterado em decorrência de que algumas unidades ainda estão com as obras estruturais de reformas em andamento.

“Algumas unidades vão ficar para a próxima etapa porque não ficaram prontas estruturalmente. Foi pedido da primeira-dama que as unidades fossem adequadas para essa volta e receber as meninas da melhor maneira possível”, disse Dalma Beatriz, coordenadora geral.

As unidades dos bairros Jardim Vitória, Jardim Leblon, Jardim Fortaleza, CPA e Dr. Fábio vão ficar para a quarta etapa prevista para junho. A estimativa da Secretaria de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência é disponibilizar quase 300 vagas nessa fase.

Confira os documentos:

 

– Certidão de Nascimento (fotocópia)

– RG (fotocópia) [da criança e dos pais]

– CPF (fotocópia) [da criança e dos pais]

– Telefone para Contato

– Comprovante de Residência (fotocópia)

– Cartão SUS (fotocópia)

– Número do NIS (fotocópia)

– Registro de Guarda Compartilhada (fotocópia)

– Registro de Medida Protetiva (fotocópia)

Leia Também:  Defesa Civil entra em alerta por conta do período chuvoso e riscos de desastres naturais

– Tamanho da Roupa da Criança

– Número do Calçado da Criança

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CIDADES

Prefeitura nega ação para retirada de ambulantes do centro e manda apurar o caso

Publicados

em

Após diversos vídeos viralizarem nas redes sociais mostrando vendedores ambulantes tendo suas mercadorias apreendidas nesta quarta-feira (28) na rua 13 de junho, no centro de Cuiabá, por meio de nota, o  secretário de Ordem Pública de Cuiabá, Leovaldo Sales disse que não determinou nenhum operação naquela região e que irá apurar o caso.

“Diante da situação, o secretário determinou uma apuração interna imediata para adotar as medidas administrativas cabíveis aos responsáveis”, diz trecho da nota.

Nas imagens é possível ver um veículo da prefeitura, juntamente com funcionários e policiais militares apreendendo as mercadorias e muitas pessoas que passam pelo local filmando.

Composto majoritariamente por haitianos e venezuelanos, os ambulantes costumam vender produtos diversos no centro da capital, desde meias, óculos de sol, bermudas, bijuterias, acessórios eletrônicos e etc.

Em março deste ano, a mesma Secretaria, também em conjunto com a polícia, realizou uma operação para retirada de vendedores da região central de Cuiabá.

Os vídeos podem ser conferidos aqui

Veja nota

Leia Também:  Empresa de Sorriso recebe multa da Sema por poluir Rio Celeste

Nota à Imprensa
O secretário de Ordem Pública de Cuiabá, Leovaldo Sales, esclarece que não determinou a realização de nenhuma operação de desobstrução das calçadas na região Central da Capital, nesta quarta-feira (29), que resultou em apreensões de mercadorias de vendedores ambulantes.

Diante da situação, o secretário determinou uma apuração interna imediata para adotar as medidas administrativas cabíveis aos responsáveis.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA