CUIABÁ

OPORTUNIDADE

Seciteci oferta 960 vagas para cursos na Escola Técnica Estadual de Cuiabá

Publicado em

COTIDIANO

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci), vai ofertar 960 vagas em cursos técnicos e profissionalizantes na Escola Técnica Estadual (ETE) de Cuiabá. As inscrições serão realizadas no período de 24 de maio a 03 de junho.

Os cursos marcam o início das atividades na unidade de ensino, inaugurada no final de março, com a meta de dar vazão à demanda reprimida por qualificação profissional na capital e em toda Baixada Cuiabana.

Na última sexta-feira (13.05), foram divulgadas as primeiras 440 vagas em cursos técnicos, com duração média de dois anos.  Do total de vagas, 240 terão o início das aulas no dia 19 de julho.

Neste grupo, serão ofertadas 80 vagas para técnico em Agronegócio, 40 vagas em Administração, 40 em Informática, 40 em Segurança do Trabalho e 40 vagas para técnico em Veterinária. As aulas serão realizadas no período noturno, com exceção do técnico em Agronegócio que terá turmas vespertina e noturna.

Leia Também:  STF oficia Ministério Público para fiscalizar casos de pais que não vacinarem filhos

As demais 200 vagas terão o início das aulas de forma gradativa, de acordo com o edital. Nesta fase serão ofertadas 80 vagas para Técnico em Enfermagem, 80 para Recursos Humanos e 40 para Segurança do Trabalho.

Mais Qualificação

Outras 520 vagas também serão ofertadas na modalidade Formação Inicial e Continuada (FIC). O edital com orientações sobre o processo seletivo e o calendário com o início das aulas será publicado nesta terça-feira (17.05), na página da Seciteci. Os FICs são cursos de curta duração, de três a cinco meses, e rápida absorção pelo mercado de trabalho, geralmente elaborados para o atendimento rápido de demandas específicas, nos mais diversos segmentos.

Todos as 960 vagas serão ofertadas presencialmente. A ETE de Cuiabá tem capacidade para 1.500 alunos nos três turnos, além de laboratórios, auditório, biblioteca, refeitório, centro de convivência, ginásio poliesportivo coberto, área administrativa e estacionamento.

“É a realização de um sonho, tanto para o Governo do Estado, que passa a ofertar a formação técnica profissional em sede própria, moderna e equipada, e para os nossos alunos que têm garantida a chance de estudar em uma escola modelo, que segue padrões do Programa Brasil Profissionalizado, do governo federal, e que se prepara para em breve ofertar uma variedade de atividades e cursos de formação profissional em parceria com o Governo Federal, instituições e iniciativa privada. Sem dúvida, o início das atividades na ETE de Cuiabá marca uma nova fase na oferta de mão de obra qualificada e motivada, em Cuiabá”, frisou a superintendente de Educação Profissional e Superior da Seciteci, Pollyana Peron.

Leia Também:  Sine Estadual encaminhou mais de 72 mil trabalhadores ao mercado

Para ter acesso ao formulário de inscrição e demais informações referentes aos processos seletivos, o candidato poderá acessar o Portal Seletivo/Seciteci/MT aqui

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

COTIDIANO

Estado inicia tratativas para implementar sistema de gestão completo

Publicados

em

Com o objetivo de conhecer novidades sobre práticas e tecnologia de combate aos incêndios, uma comitiva de Mato Grosso participou da Feira Internacional de Combate a Incêndio, Proteção Civil, Resgate e Segurança, a Interschutz. O evento aconteceu entre os dias 20 e 25 de junho, em Hannover, na Alemanha.

“As agendas técnicas que participamos já possibilitaram que iniciássemos as tratativas para que Mato Grosso seja o pioneiro em um sistema completo de gestão do combate aos incêndios florestais”, afirma a secretária de Estado de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti. O modelo de gestão que seria implementado como um projeto piloto, possibilita monitorar desde os insumos utilizados, até o dimensionamento das áreas que tiveram o combate aos incêndios, focos de calor, e as cicatrizes de queimadas.

Entre os equipamentos apresentados, alguns podem facilitar o combate aos focos de calor e facilitar esta tarefa aos bombeiros militares, como por exemplo, um caminhão de combate aos incêndios, totalmente elétrico, que é preparado para terrenos de difícil acesso.

“Por ser uma tecnologia alemã, e por termos o financiamento do Programa REM, que tem o apoio do governo Alemão, mostrando o compromisso do Governo de Mato Grosso e como essas inovações podem nos auxiliar, vamos pleitear receber agumas dessas ferramentas. Queremos continuar sendo um estado que se destaca pelo uso da tecnologia em favor do meio ambiente”, explica a gestora.

Leia Também:  Lula tem 45% das intenções de voto, Bolsonaro 31% e Ciro 6%, aponta pesquisa

Também foi apresentado um sistema de monitoramento de satélite que mostra quase em tempo real os focos de calor. Esse sistema é chamado de plataforma de predição de incêndios florestais, e poder conhecer a ferramenta de perto demonstrou a importância para um combate mais efetivo do fogo, destaca a comandante do Batalhão de Emergências Ambientais (BEA), tenente-Coronel BM Jusciery Rodrigues Marques.

“Conhecemos nesta visita as tecnologias, equipamentos e materiais de vários países, e pudemos selecionar quais seriam mais adequadas para serem implementadas aqui em Mato Grosso”, explica.

Também participaram da agenda no exterior o secretário de Estado de Segurança, Alexandre Bustamante, o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar, coronel BM Alessandro Borges, e o diretor Operacional do CBMMT, coronel BM Aluísio Metelo Junior.

Interschutz

O evento reúne autoridades e especialistas como a maior feira do mundo sobre serviços de incêndio, salvamento, defesa civil e segurança. Foram apresentados durante cinco dias inovações sobre a proteção civil, combate a incêndios, soluções de comunicações e centro de controle, serviços de resgate, equipamentos de proteção e prevenção de incêndios.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA