CUIABÁ

ECONOMIA

Terceira semana de junho registra queda no valor da cesta básica em Cuiabá

Publicado em

ECONOMIA

s mercados da capital reduziram os valores de produtos que compõem a cesta básica. Isso é o que revela o levantamento realizado pelo Instituto de Pesquisa e Análise da Fecomércio Mato Grosso (IPF-MT), referente à terceira semana de junho sobre o valor da cesta básica, que chegou a custar, em média, R$ 700,02. Na semana anterior, o valor era de R$ 709,28, ou seja, uma queda no valor foi de -1,3%.

Na pesquisa, foi observado que 47% dos alimentos apresentaram redução, sendo que o principal produto foi o tomate, que obteve um recuo de -17,17% em relação a semana passada, e havia apresentado uma alta de 12,96% naquele período.

Além deste item, a batata também registou queda em seu valor no comparativo com a semana passada, resultando em uma variação semanal de -4,24%, seguido do arroz, com retração de -1,34%.

Segundo análise do IPF-MT, a queda pode estar associada à frente fria em todo o território nacional, dificultando a maturação de alguns produtos. Além do tomate, a batata também registrou diminuição de -4,24%, redução essa que pode estar relacionada com a alta oferta do produto no atacado, diminuindo, assim, seu valor nos mercados.

Leia Também:  FCO injetará R$ 289 milhões em Mato Grosso e deve gerar 2 mil empregos

Já os produtos que demostraram alta, o café, que registrou queda nas primeiras semanas de junho, apresentou alta de 3,40% em relação à semana anterior. O leite também somou alta semanal, de 3,31%.

O diretor de pesquisas e superintendente da Fecomércio-MT, Igor Cunha, destaca a estabilidade nos preços dos alimentos, percebido nas últimas semanas. “O cenário econômico mais otimista fornece melhores condições de consumo para as famílias e tranquilidade para realizar suas compras nos supermercados”, concluiu.

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ECONOMIA

Contribuintes poderão negociar dívidas com até 80% de desconto

Publicados

em

Os contribuintes de  Rondonópolis, que estão com pagamentos de impostos atrasados, terão a oportunidade de regularizar a sua situação com o fisco municipal, por meio do Mutirão Fiscal 2022, conhecido como Refis que começa a partir da próxima segunda-feira (27).

O Mutirão Fiscal, que é uma ação da Prefeitura de Rondonópolis autorizada pela Câmara de Vereadores, segue até o próximo dia 8 de julho e serão ofertados descontos de 80% nos juros e multas aos munícipes que desejarem quitar seus débitos à vista. Os débitos também poderão ser parcelados em até seis vezes, com desconto nesse caso de até 30%.

As negociações são para faturas de Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN), Alvará, Contribuição de Melhoria, entre outros.

A emissão de guias para pagamentos podem ser feita pelo site da Prefeitura www.rondonopolis.mt.gov.br ou ainda o contribuinte pode  comparecer ao Paço Municipal, na Secretaria de Receita, de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h.

Atenção –  A Secretária Municipal de Receita ressalta que as informações de natureza tributária e fiscal são protegidas por sigilo fiscal, portanto, caso não seja o próprio contribuinte ou seu procurador que compareça a Prefeitura, a pesquisa não poderá ser realizada por terceiros.

Leia Também:  Procon-MT alerta consumidores sobre as compras por impulso

Ao se dirigir a Prefeitura traga todos os documentos pessoais, bem como os que comprovem a propriedade, posse ou domínio útil do imóvel (matrícula do imóvel no cartório, escritura ou contrato de compra e venda).

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA