CUIABÁ

EDUCAÇÃO

Deputada cobra que Seduc apresente demanda por vagas do Profuncionário

Publicado em

POLÍTICA

A deputada estadual Janaina Riva (MDB) cobrou nesta segunda-feira (27), durante audiência pública realizada na Assembleia Legislativa de Mato Grosso, sobre o Programa de Formação Inicial em Serviço dos Profissionais da Educação Básica dos Sistemas de Ensino Público (Profuncionário), que a secretaria de Estado de Educação apresente qual o número de servidores que aptos a participar do Profuncionário para que os parlamentares se mobilizem e articulem recursos para abertura de mais vagas.

“Quero primeiro parabenizar o reitor Júlio pelo trabalho brilhante que vem fazendo frente ao IFMT por manter as portas sempre pra nós, deputados, para que juntos encontrássemos uma solução para o prófuncionario. No início as dificuldades eram financeiras mesmo, mas agora, através de recursos destinados pelo senador Wellington Fagundes e da deputada federal Rosa Neide o IFMT fará o prófuncionário. Quero pedir aqui que a Seduc nos forneça qual é a demanda, porque não queremos ofertar só as duas mil vagas que já estão previstas para 2023. Queremos trabalhar para dar oportunidades para todos”, disse a parlamentar.

Leia Também:  Wellaton filia ao Republicanos e lança pré-candidatura

O profuncionário oferece cursos técnicos para formação continuada de agentes de pátio, apoio, cozinha e serviços gerais que não possuem outro meio de bonificação ou progressão na carreira que não seja pela qualificação. O governo do estado anunciou que por meio de uma parceria com o IFMT vai abrir vaga 2 mil vagas para qualificação por meio do prófuncionário.

De acordo com a parlamentar não se trata apenas de uma qualificação para o incremento salarial, mas de investimento na qualidade dos serviços prestados na educação e de justiça com os servidores que ganham menos.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA

Márcia Pinheiro discursa oficialmente como candidata e apresenta vice

Publicados

em

A primeira-dama Márcia Pinheiro (PV) foi oficializada como candidata ao governo pelo grupo de esquerda e também pela Federação Brasil da Esperança (PT, PV e PCdoB).

Em seu primeiro discurso oficial como candidata, Márcia falou sobre

 

Na ocasião ela apresentou     como vice em seu projeto rumo ao Paiaguás.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Edna contesta multa por publicações nas redes sociais
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA