CUIABÁ

"MUITO BEM REPRESENTADO"

Eleições 2022: Blairo Maggi declara apoio a Mauro Mendes

Publicado em

POLÍTICA

Reprodução

O ex-governador de Mato Grosso, Blairo Maggi, afirmou nesta sexta-feira (13) que o atual governador Mauro Mendes (União Brasil) é o seu candidato a continuar no Governo, caso decida buscar a reeleição.

“Às vezes quando se discute se o Mauro vai para a reeleição, quem eu vou apoiar, eu tenho dito com toda a tranquilidade, ‘o Mauro é o meu candidato a continuar no Governo do Estado’. Não há nenhum outro executivo como ele à disposição para tocar o Estado de Mato Grosso, o meu querido estado”, declarou Blairo.

Maggi relembrou a época na qual comandou o Estado e iniciou um grande programa para fazer asfalto novo em todas as regiões. De acordo com ele, a realização de grandes obras estruturantes para Mato Grosso só retornou na atual gestão.

“Mauro Mendes vem, oito anos depois, e desde então o Estado experimenta novamente grandes investimentos, grandes parcerias, grandes responsabilidades. Está impulsionando esse estado para um novo patamar na economia, para as pessoas”, ressaltou ele.

Blairo destacou os 2500 km de asfalto novo que o Estado vai entregar até o final do ano e atribuiu esse resultado à boa gestão de Mauro Mendes.

Leia Também:  Pinheiro anuncia entrega de obra de pavimentação em mais quatro bairros

“Com uma boa gestão, como a que o Mauro está fazendo, estamos vendo obra para tudo quanto é lado. Só não faz mais estrada porque não tem construtora o suficiente, empresa para fazer projeto. Eu me sinto extremamente feliz, muito bem representado. Mauro, parabéns pela parceria e vamos em frente”, finalizou o ex-governador.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA

Fagundes diz que urnas eletrônicas são exemplo para o mundo; PL quer auditoria

Publicados

em

Por

Reprodução

O presidente do PL em Mato Grosso e pré-candidato à reeleição ao Senado, Wellington Fagundes, declarou que as urnas eletrônicas são um exemplo para o mundo, mesmo após a presidente da Executiva Nacional, Valdemar Costa Neto, afirmar ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que tem pretensões de contratar uma empresa de auditoria para garantir eleições livres de qualquer suspeita.

Leia: Fagundes diz que PL quer auditoria privada para fiscalizar eleições

“Este assunto é um assunto que exige extremamente conhecimento técnico, é claro que as urnas eletrônicas hoje são exemplos no mundo”, afirmou Fagundes.

Segundo Fagundes, “fazer uma fiscalização é dever de todos os partidos”, sendo assim, quer investe uma porcentagem do fundo partidário para uma “fiscalização independente”.

“Fazer a fiscalização é um direito de todos os partidos, o nosso partido mesmo já se posicionou em investir parte do fundo partidário para que tenha fiscalização independente e esse assunto está sendo tratado com o próprio presidente Bolsonaro, uma contratação de uma empresa de caráter internacional para fazer isso”, completou o senador.

Leia Também:  Suelme sobre redistribuição do ICMS: "Quem tem que ter medo é a gestão perdulária"

Pedido de auditoria

O “movimento” que tenta por em xeque a segurança das urnas eletrônicas, é alimentado pelo presidente da República Jair Bolsonaro (PL), que realiza afirmações, porém, não apresenta provas para embasar seus argumentos.

No último 14 de abril de 2021, o presidente pontuou que as urnas não são invioláveis, mas sim, penetráveis, a fala foi realizada sem apresentar qualquer prova.

“A urna não é inviolável, é penetrável, sim. Mas não vou falar disso, as Forças Armadas estão tomando conta disso”, disse ele.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA