CUIABÁ

INCOERENTE

Neri não vê debandada de apoio de bolsonaristas após sua aproximação com o PT

Publicado em

POLÍTICA

Durante entrevista na Rádio Conti FM na última segunda-feira (27), o deputado federal e pré-candidato ao Senado Neri Geller (PP) afirmou que não vê prejuízos e nem perda de apoios aos seus projetos para esse ano por parte da ala bolsonarista com sua aproximação com o partido dos trabalhadores.

Neri Geller confirmou que a possibilidade de concretizar a chapa com o PT, tendo Luiz Inácio Lula da Silva como candidato à Presidência da República. Na semana passada se reuniu com a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffman.

“Não tem outro lado da moeda não, muito pelo contrário, eu sempre tive apoio da direita, da esquerda e do centro para aprovar matérias importantes de interesse do país.  Ajudamos o governo federal no que foi possível, mas não estou aqui para discutir ideologias, mas sim o que é melhor para Mato Grosso”, explicou.

“Todos os apoios de prefeitos que temos para nossa candidatura são voluntários e pela força do nosso trabalho já prestado[…] Com o PT tem jeito, nós vamos criar alternativas que do diálogo”, completou.

Leia Também:  Mendes recebe Executiva do PDT e discute apoio para as eleições

Neri que até pouco tempo ficava ciscando na aba do presidente Jair Bolsonaro (PL), parece que vem mudando de ideia e buscado apoio da ala petista.

Vale lembrar que Neri teve um encontro com Bolsonaro em abril deste ano quando o PP pediu que ele ficasse neutro sobre disputa ao Senado em Mato Grosso, porém isso não ocorreu e ele anunciou apoio à candidatura de seu correligionário o senador Wellington Fagundes (PL).

Fagundes e Neri disputam também o apoio do governador Mauro Mendes (UB) que não definiu ainda no palanque de quem irá subir, intrigando os candidatos e seus aliados.

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA

Márcia Pinheiro discursa oficialmente como candidata e apresenta vice

Publicados

em

A primeira-dama Márcia Pinheiro (PV) foi oficializada como candidata ao governo pelo grupo de esquerda e também pela Federação Brasil da Esperança (PT, PV e PCdoB).

Em seu primeiro discurso oficial como candidata, Márcia falou sobre

 

Na ocasião ela apresentou     como vice em seu projeto rumo ao Paiaguás.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Em mensagem motivacional publicada nas redes sociais, Bolsonaro relembra passagem por Cuiabá
Continue lendo

CIDADES

POLÍTICA

MULHER

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA